sexta-feira, 28 de abril de 2017


Workshop – Curar a Criança Interior

Como lidar com as emoções



O poema mais abaixo de Fernando Pessoa diz tudo!

Para nos tornarmos nos adultos que somos hoje, maior parte das vezes ignoramos a nossa criança que um dia fomos. Perdemos o contacto com as nossas emoções, o prazer pela vida, a espontaneidade, a criatividade, características próprias de uma criança, e consequentemente perdemos também a origem da nossa dor. E em cima dessas dores que começamos a construir padrões e crenças, para ir conseguindo sobreviver.

Resgatando a nossa criança, tomamos contato com o nosso interior, identificamos as emoções, reprimidas ou não, e compreendemos o sentido da nossa vida, para o resgate total pelo prazer de viver.

Neste workshop, através de meditações guiadas, explicações de algumas teorias sobre a criança interior e sobre as emoções, consegue-se abrir caminho para voltar a ela sempre que quisermos e sentirmos que é importante.



Dizem que a felicidade vem de dentro!? Claro que sim! E a origem está na nossa criança interior.

‘’ A criança que fui chora na estrada

Deixei-a ali quando vim ser quem sou

Mas hoje, vendo que o que sou é nada,

Quero ir buscar quem fui,

Onde ficou’’

Fernando Pessoa



Investimento: 45€ (inclui Manual e Certificado de Presença)

Necessário levar roupa confortável e uma caneta/lápis para apontar

quarta-feira, 26 de abril de 2017


Aprofundamento e Integração
da Meditação



Como tirar o máximo aproveitamento da Meditação Diária




Formação intensiva com base na formação em Meditação dada presencialmente.

Queres conseguir ser terapeuta de ti mesmo/a? Queres conhecer-te e ter mais ferramentas para evoluir?
Então embarca nesta aventura de 4 semanas! Aventura-te a ser feliz!

Já falamos que perdemos maior parte do nosso tempo e energias a tentar ser felizes, mas também já sabes que o modo como andamos a fazer não nos leva à felicidade.

A meditação diária ajuda-nos no caminho, mas a nossa bagagem pode ser pesada demais para fazer esse caminho sozinhos. Vem aprender mais um pouco sobre ti, sobre o teu caminho. Vem encontrar o teu lugar de ‘bem-querer’, a tua casa, o lugar onde podes ser tu próprio/a, sem julgamentos.

*****

Esta Formação tem duração de 4 semanas, e é realizada via online, onde para além de meditarmos com acompanhamento, aborda-se em profundidade:

1º semana – Meditação dos sentidos e Respiração
                     A Tomada de Consciência, da sociedade, de nós, do nosso interior.
                     Criar distanciamento

2ª semana - Contacto com o corpo – O que ele tem para nos dizer
                     Quais os padrões que estão a prejudicar a nossa saúde e bem estar
                     Atenção Plena aos pensamentos
                  
3ª semana – Trabalhar a energia, colocando-a a nosso favor.
                     Técnicas de Limpeza espiritual

4ª semana – Conhecer as emoções. Saber identificar, curar e libertar.
                     Como alimentar a alma.

Ainda é composto por manual, acompanhamento individual e interação com o grupo. Tudo durante 4 semanas!

Este é o meu desafio, e fico muito emocionada trabalhar nele para to mostrar. Espero que gostes, aprecies, te sintas em casa, te abras ao que a vida tem para te dar!!
Para te inscreveres ou tirares alguma duvida, envia um email para: filipa_maga@Hotmail.

Um abraço no teu coração



domingo, 9 de abril de 2017

Acompanha as atividades também no facebook.
https://www.facebook.com/filipamaga/

segunda-feira, 3 de abril de 2017


Leitura da Aura Alargada





Normalmente a pessoa que faz uma Leitura da Aura recebe muita informação sobre o momento atual que está a viver, sobre vidas passadas que estão a influenciar a sua vida atual, sobre as modos de atuar que lhe estão a causar bloqueios e dor, sobre crenças bloqueadoras, e ainda sobre ferramentas emocionais positivas que estão inconscientes mas que são fundamentais para lidar com os processos e para poder progredir.

A viagem ao nosso mundo interior é mesmo isso, uma viagem que tem várias etapas, umas vezes exige que paremos para nos permitir interiorizar, e já noutras etapas pede-nos para avançar e agir. Ter alguém que veja de fora todos esses processos, e que ajude a identificar o que a vida está a pedir de nós, é fundamental, e muitas das vezes faz toda a diferença no processo de crescimento.

Deste modo, são dadas 2 a 3 semanas após a Leitura da Aura, para dar espaço a uma interiorização das respetivas mensagens e é realizada uma nova consulta para trabalhar essas informações, analisando a perceção que a pessoa está ter perante o processo. Serve, sobretudo, para dar orientações, explicações, esclarecimentos, pontos de vista...

Esta sessão, de 1h e 30 m, inclui diversas ferramentas de terapia transpessoal, dependendo do caso:

 - Leitura de Tarot,

- Identificação do dom natural da pessoa para poder avançar para o seu crescimento, através da leitura da Kabbalah e outros,

 - Meditação conduzida para a questão a resolver,

 - Identificação dos bloqueios principais e escolha de ferramentas para os curar,

- Tratamento de reiki, se assim for indicado.


Uma vez que esta forma de Leitura da aura é inovadora no meu trabalho, todas as pessoas que já fizeram leitura da aura comigo podem, independentemente de há quanto tempo tiver sido feita, fazer esta consulta.






sábado, 1 de abril de 2017

Formação em Meditação
22/Abril/2017 - Centro Yoga Tao -
Figueira da Foz


Agora que veio a Primavera e a nossa energia abre-se novamente ao novo, ao inicio de algo, à entrega, à alegria de viver, porque não trazer ainda mais plenitude e consciência para esta nova estação das nossas vidas?

Veja se se identifica com algumas destas questões, abra sua alma e não tenha medo de entrar no seu interior, e descobrir-se:

• Quer aprender a meditar de uma maneira simples e prática?
• Sente-se frustrada/o por estar constantemente a ser levada/o pelos seus pensamentos mais negativos?
• Não consegue 'dominar' a sua mente, mesmo sentindo que ela está errada?...
• Não dorme bem?
• Não consegue andar relaxada/o no seu dia-a-dia?
• Sente que não consegue estar no momento presente, e pelo contrário a sua mente anda sempre a divagar entre o passado, o futuro, ou noutros locais diferentes?
• Pensa que apenas se sente bem onde não está?
• Tem noites que não consegue dormir e não sabe o porquê?
• Sente que nunca consegue ser você mesma(o) por muito que se esforce?
• Tem facilmente sentimentos de irritabilidade e culpa?



Se se identificou com algumas das questões aqui levantadas, recomendo mesmo a meditação para si. É simples de aprender, revelador e pode levar consigo para qualquer lado.
Dirigido a pessoas que querem trazer mais paz, consciência e clareza de pensamento para o seu dia-a-dia.

Objetivos da formação

- Desenvolver a consciência do aqui e agora
- Atenção plena às sensações, ao corpo e à respiração
- Atenção plena ao mundo interior e exterior
- Meditação em andamento
- Desenvolvimento de emoções positivas
Horário: das 11.30h às 19.30h, com pausa de uma hora para almoço (livre). Haverá chá, bolachas e fruta durante a manhã e a tarde.
Valor: 55€
Trazer: Roupa confortável e mente e coração abertos :)


terça-feira, 28 de março de 2017


Consulta de Leitura da Aura Alargada


 

Normalmente a pessoa que faz uma Leitura da Aura recebe muita informação sobre o momento atual que está a viver, sobre vidas passadas que estão a influenciar a sua vida atual, sobre as modos de atuar que lhe estão a causar bloqueios e dor, sobre crenças bloqueadoras, e ainda sobre ferramentas emocionais positivas que estão inconscientes mas que são fundamentais para lidar com os processos e para poder progredir.

A viagem ao nosso mundo interior é mesmo isso, uma viagem que tem várias etapas, umas vezes exige que paremos para nos permitir interiorizar, e já noutras etapas pede-nos para avançar e agir. Ter alguém que veja de fora todos esses processos, e que ajude a identificar o que a vida está a pedir de nós, é fundamental, e muitas das vezes faz toda a diferença no processo de crescimento.

Deste modo, são dadas 2 a 3 semanas após a Leitura da Aura, para dar espaço a uma interiorização das respetivas mensagens e é realizada uma nova consulta para trabalhar essas informações, analisando a perceção que a pessoa está ter perante o processo. Serve, sobretudo, para dar orientações, explicações, esclarecimentos, pontos de vista...

Esta sessão, de 1h e 30 m, inclui diversas ferramentas de terapia transpessoal, dependendo do caso:

 - Leitura de Tarot,

- Identificação do dom natural da pessoa para poder avançar para o seu crescimento, através da leitura da Kabbalah e outros,

 - Meditação conduzida para a questão a resolver,

 - Identificação dos bloqueios principais e escolha de ferramentas para os curar,

- Tratamento de reiki, se assim for indicado.


Uma vez que esta forma de Leitura da aura é inovadora no meu trabalho, todas as pessoas que já fizeram leitura da aura comigo podem, independentemente de há quanto tempo tiver sido feita, fazer esta consulta.





domingo, 19 de março de 2017



Que as experiências da vida nos façam regressar a nós mesmos, sem acusações, sem revolta, sem brigas, sem nada que nos faça desgastar energias para o exterior.
Tudo é como deve ser, tudo está como deve estar. A alma pediu efetivamente essa experiência. Quanto mais se resiste, mais atrasamos a aprendizagem, e mais tempo prolongamos a nossa estadia na dor.
É isso.... lidarmos em paz com o nosso lado luz e sombra... Resgatar o nosso ser como um ser completo, e não ficar só com o que nos é mais confortável.
Que a vida nos inspire sempre para caminharmos lado a lado connosco mesmos!

Agora que o inverno se está a despedir e a Primavera já nos sorri, abrimos com mais facilidade as portas da vida para novas aprendizagens, depois da interiorização e recolhimento durante o Inverno.
Digamos bem-vinda Vida!


quarta-feira, 15 de março de 2017

Apenas existindo...


Estando presente...





Segundo Osho, a meditação é, em sua essência, a arte de se manter alerta a tudo o que acontece dentro e fora de você.
Embora a meditação em si não seja uma técnica, muitos métodos desenvolvidos ajudam a desenvolver a perceção. Depois de adquirir essa capacidade, a meditação pode se tornar a sua companheira onde quer que esteja - no trabalho, em situações comuns da vida diária, em qualquer lugar.
As pressões da vida moderna são muito grandes: o mundo nunca foi tão instável par...a se viver e as pessoas nunca estiveram tão tensas.
...
Talvez seja mesmo por causa das emoções guardadas que lhe pareça tão difícil ficar em silêncio consigo mesmo? Talvez seja difícil fazer a meditação sentado e em silencio. Talvez se sinta cansado demais para se manter acordado quando está sentado. Seria melhor conseguir meditar e mexer-se um pouco.
A capacidade de permanecer relaxado no meio da agitação diária é o que chamamos de "atenção plena'', que é a sensação fundamental da meditação.
A meditação baseia-se num conhecimento simples: em vez de lutar contra a escuridão - o que será impossível -, acenda a luz.
Em vez de lutar contra nós mesmos, tentando viver segundo aquilo que outros imaginam que deveríamos ser, podemos começar a aceitar o que somos agora. Osho lembra às pessoas que, se a existência as convidou a estar aqui, elas não precisam da permissão de ninguém para se aceitarem como são.
Quando não está a fazer absolutamente nada, física ou mentalmente, quando toda a atividade cessa e consegue estar no presente, apenas existindo, está a meditar.
Embora a meditação em si não seja uma técnica, muitos métodos desenvolvidos por Osho...ajudam a desenvolver a perceção. Depois de adquirir essa capacidade, a meditação pode se tornar a sua companheira onde quer que esteja - no trabalho, em situações comuns da vida diária, em qualquer lugar. Quando conseguir aprender, é possível permanecer nesse estado pelo tempo desejado ou até ficar assim durante 24h por dia.

sexta-feira, 3 de março de 2017

Acreditar sem ilusão



Como confiar no universo, como acreditar e ter fé, sem cair na ilusão?

Muitas vezes o nosso ego comanda as nossas emoções. Basta nos deixarmos dominar por elas, que o ego entra em ação. Algo que apareceu como uma pedra atirada ao meio de um lago, é transformado em ondas, arrastando toda a calmaria que outrora existia. Seja para o positivo seja para o negativo.

A primeira tentação é a defesa ou o deslumbramento, emoções extremas que nos cegam a lucidez. A partir daí é uma espiral de emoções, às quais o ego se delicia, se deleita, mostrando-nos o porquê da sua existência. Para o controlo… Diz-nos que só nos controlando é que conseguimos fazer o correto.

Tão errado… desde o início.

É na serenidade das nossas emoções, sejam elas boas ou as que fazem doer que vamos sentindo a vida, escutando-a, experimentando-a, evoluindo e amando. Assim o ego nunca poderia assumir por completo o seu trono, e nunca teríamos a sensação de passar só por cima da vida.

O ego quer sempre resolver tudo, as emoções apenas querem vivenciar. Vivenciar para avançar. O ego quer resolver para ficar seguro. De preferência sempre na mesma zona de conforto. E fica, fica, fica, até cair no mundo da ilusão, das fantasias, completamente cego da mensagem que a sua alma lhe está a querer dar. Quer acreditar, confiar, sem sentir. Como será possível? É completamente antagónico. Então como pode dar certo????

Confiar sim, mas sem nunca nos levarmos pelo ego. É preciso estarmos atentos aos sinais e ao que o nosso corpo/alma/coração nos querem dizer.
Abraço.
Filipa

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017




No passado sábado, dia 18/02/2017, tive um dia fantástico de uma formação de meditação. Foi na Figueira da Foz, no espaço Tao.
Foi um dia muito gratificante, com um grupo lindo de 11 pessoas, onde todas contribuíram para uma experiencia tão rica de ensinamentos, muito para além da própria meditação. Formou-se uma energia fantástica num só dia!
Aprendi muito, e estou muito grata ao universo e a todos os que estiveram presentes (sim, porque tivemos um guerreiro!). É por estas pessoas, que se comprometem com elas próprias para uma mudança, para um encontro da sua plenitude, que eu amo estas formações!

Muito grata, e desejo-vos a todos muitas meditações, e que elas sejam o catalisador que a vossa alma estava à espera, para sentirem a mudança nas vossas vidas!

Um abraço,

Filipa

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Leitura da Aura alargada

Para um melhor acompanhamento e interiorização das informações dadas na Leitura da Aura, uma consulta após 15 dias do dia da Leitura, para conversar, onde pode ser incluído, se necessário, um tratamento de Reiki e/ou uma consulta de Tarot.


FORMAÇÃO EM MEDITAÇÃO

11 de Março de 2017

-Anadia-



  • Quer aprender a meditar de uma maneira simples e prática?
  • Sente-se frustrada/o por estar constantemente a ser levada/o pelos seus pensamentos mais negativos?
  • Não consegue 'dominar' a sua mente, mesmo sentindo que ela está errada?
  • Não dorme bem?
  • Não consegue andar relaxada no seu dia-a-dia?
  • Sente que não consegue estar no momento presente, e pelo contrário a sua mente anda sempre a divagar entre o passado, o futuro, ou noutros locais diferentes?
  • Pensa que apenas se sente bem onde não está?
  • Tem noites que não consegue dormir e não sabe o porquê?
  • Sente que nunca consegue ser você mesma(o) por muito que se esforce?
  • Tem facilmente sentimentos de irritabilidade e culpa?

Se se identificou com algumas das questões aqui levantadas, recomendo mesmo a meditação para si. É simples de aprender, indolor e pode levar consigo para qualquer lado.


Objetivos propostos

- Desenvolver a consciência do aqui e agora
- Tomar contacto com as sensações ao corpo e à respiração
- Atenção plena ao mundo interior e exterior
- Meditação em andamento
- Desenvolvimento de emoções positivas


A formação vai decorrer no espaço Likibody - Alameda Poeta Cavador, n.º18 e 20 - Anadia

Dia 11 de Março de 2017, das 10h às 18h.
Almoço livre. Oferta do 'break' ao meio da manhã e da tarde.

Investimento: 55€

Para quem interessar existe certificado de presença.


domingo, 15 de janeiro de 2017

História



Há uma história indiana que li e que para mim fez algum sentido para explicar melhor o objetivo da meditação:

´´ Houve uma altura aqui na Terra, há muitos milhares de anos, em que todos os seres humanos eram deuses. Cada pessoa que por aqui andava tinha o poder de um deus, todos eram eternamente felizes, seres radiantes, cheios de compaixão e amor. Era como se o Ceu tivesse descido à Terra. Mas, no meio de todos esses deuses, havia um que era considerado o rei dos deuses. Era esse rei que orientava tudo, e que de certa forma, governada os outros deuses. Certo dia, o tal rei dos deuses chamou os seus melhores amigos. Reuniram-se numa sala e o rei transmitiu a sua mensagem:
-Meus caros, tenho a dizer-vos que estou um pouco farto de que todos sejam deuses, decidi que vos vou retirar esse poder e que vão passar a ser novamente pessoas comuns.
Os amigos do rei ficaram assustados mas sabiam que ele estava certo nas suas decisões e assim aceitaram a sua vontade. Um dos amigos do rei, Gafur, perguntou:
-Meu rei, o que vais fazer com o poder de cada pessoa, se o vais retirar, vais coloca-lo onde?
-Boa pergunta, Gafur, vamos pensar onde o vamos esconder...
-Já sei, meu rei, vamos coloca-lo bem nas profundezas do oceano, onde nunca nenhum ser humano conseguirá chegar! - disse Gafur com entusiasmo.
-É uma boa ideia, mas penso que não é a melhor opção... os seres humanos são muito inteligentes e vão acabar por lá chegar, um dia.
Outro amigo do reu, Premba, deu conta de tinha uma sugestão:
-Vamos esconde-lo na montanha mais alta que houver na Terra!
Outro companheiro do rei, Brama, sugeriu:
-Ou fazemos um buraco com milhares de metros de profundidade e enterramos o poder lá!
O rei ouvia atenciosamente as sugestões dos seus amigos, mas não estava feliz com nenhuma das opiniões, pois sabia que os seres humanos eram tão inteligentes e que certamente iam acabar por voltar a descobrir o poder de ser deus. Assim o rei partiu e foi refletir durante alguns dias sobre o que fazer com esta situação. Passados alguns dias, o rei voltou a chamar os seus amigos para mais uma reunião. Estavam todos sentados à volta da mesa, o rei levantou-se e disse:
-Meus amigos, já sei onde esconder o poder.
Todos ficaram curiosos e perguntaram ao rei qual o lugar que tinha escolhido. E o rei falou:
- Meus amigos, o poder será escondido no lugar e, que os seres humanos nunca irão procurar, por ser demasiado óbvio e por estar tão perto deles. Eu decidi que o poder da felicidade eterna, o poder de nos tornarmos um só deus, vai ficar escondido dentro de cada ser humano.''

Podemos terminar a historia dizendo que desde esse dia que o ser humano procura a sua felicidade fora dele, nas cidades, nas montanhas,  nos oceanos profundos, noutros planetas, noutras galáxias, em busca sempre de algo que o faça sentir em paz e sentir segurança. É bom querer sempre mais para nós mesmos, mas tudo o que é em demasia tira-nos paz, tira-nos do nosso foco.
Pode passar de um cliché na boca de muitas pessoas, mas, verdadeiramente, o caminho para a felicidade está no nosso interior. É aqui que nós encontramos paz, que sabemos o que é melhor para nós mesmos, o que nos dá equilíbrio, onde vencemos as nossas feridas e mágoas, onde temos respostas, onde sabemos quando avançar e onde nos tornarmos pessoas 'maiores'.

Existem diversas maneiras de encontrar essa felicidade, mas a meditação, sem qualquer duvida, é uma delas. Assim que trouxer a meditação como prática na sua vida, dificilmente entra no ciclo vicioso de fazer  cursos que só o confundem e apenas preenchem o ego. É o ego que gosta de dizer eu já fiz, eu já tenho aquilo, e por aí fora.
Com a meditação nós vamos ao nosso interior apenas para sentir.  E é algo que para a ter não precisa de estar num lugar certo, à hora certa, nem pagar qualquer quantia, e não sofrer qualquer dor.
É realmente um caminho onde tudo à nossa volta começa a fazer sentido.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Formação em meditação


FORMAÇÃO EM MEDITAÇÃO

14 de Janeiro de 2017



  • Quer aprender a meditar de uma maneira simples e prática?
  • Sente-se frustrada/o por estar constantemente a ser levada/o pelos seus pensamentos mais negativos?
  • Não consegue 'dominar' a sua mente, mesmo sentindo que ela está errada?
  • Não dorme bem?
  • Não consegue andar relaxada no seu dia-a-dia?
  • Sente que não consegue estar no momento presente, e pelo contrário a sua mente anda sempre a divagar entre o passado, o futuro, ou noutros locais diferentes?
  • Pensa que apenas se sente bem onde não está?
  • Tem noites que não consegue dormir e não sabe o porquê?
  • Sente que nunca consegue ser você mesma(o) por muito que se esforce?
  • Tem facilmente sentimentos de irritabilidade e culpa?

Se se identificou com algumas das questões aqui levantadas, recomendo mesmo a meditação para si. É simples de aprender, indolor e pode levar consigo para qualquer lado.


Objetivos da formação

- Desenvolver a consciência do aqui e agora
- Atenção plena às sensações, ao corpo e à respiração
- Atenção plena ao mundo interior e exterior
- Meditação em andamento
- Desenvolvimento de emoções positivas


A formação vai decorrer no espaço Magna Rosa - Largo Dr. Costa Almeida, Ed. S. Gabriel, Loja AC - Anadia

Dia 14 de Janeiro de 2017, das 10h às 18h.Uma hora para almoço, sendo o almoço livre. Há chá, bolachas e fruta durante a manhã e a tarde.

Valor: 45€

Inscrições para os contactos deste blogue ou para o n.º 922080271 (Magna Rosa)





terça-feira, 13 de dezembro de 2016

História


´´Um homem foi a um alfaiate, e provou um fato. Parado em frente ao espelho, apercebeu-se que o colete tinha uma aba um pouco mais descaída que a outra.
 - Ora essa - comentou o alfaiate - não se preocupe com isso. Com a mão esquerda, puxe a parte mais curta um pouco para baixo e verá que ninguém vai notar.
O cliente assim fez, mas entretanto apercebeu-se que também a lapela do casaco estava um pouco enrugada em vez de estar lisa como devia.
Ah, isso? - comentou o alfaiate - Isso não é nada. Vire um pouco a cabeça e ajeite-a com o queixo. O
cliente assim fez mais uma vez, mas ao fazê-lo apercebeu-se que a costura interior das calças estava um pouco curta e que o gancho estava um pouco apertado.
- Ora, não se preocupe com isso - sossegou-o o alfaiate - Com a mão direita puxe a costura um pouco mais para baixo e verá que tudo se assentará na perfeição.
O cliente acedeu e acabou por comprar o fato.
No dia seguinte vestiu o fato novo com todas as ''modificações'' ajudadas por mão e queixo. Enquanto se arrastava pelo parque como o queixo apoiado na lapela, uma mão a puxar o colete e a outra agarrada ao gancho das calças, dois velhotes que jogavam damas pararam para observá-lo cambaleando perante os seus olhos.
- Deus do céu! - exclamou o primeiro homem - Olha-me aquele pobre homem manco!
O segundo homem refletiu por um instante, depois murmurou:
- Sim, uma pena mancar tanto, mas pergunto-me eu... onde terá arranjado um fato tão bonito?´´

Quantas vezes andamos impecáveis aos olhos da sociedade, mas por dentro estamos tolhidos de tanto esforço por parecer. A sociedade diz: está bem.. a pessoa está tolhida, mas olha como está tão bem, faz tudo tão direitinho, é tão certinha e faz tão boa figura!
E assim continuamos meios tortos a tentar parecer muito bem, quando por dentro estamos cada vez mais enfraquecidos, longes de nós mesmos, colocando capas e fazendo constantes fugas à nossa essência, estabelecendo prioridades para satisfazer o nosso ego, e assim, tornar o 'nosso fato' cada vez mais lindo.
Até ao dia em que a nossa beleza interior se apaga, se perde no labirinto da vida, onde o caminho de volta, muitas das vezes, demora o resto das nossos vidas e chega a ser doloroso.
O disfarce provoca o nosso enfraquecimento interior, a nossa capacidade de viver realmente, a nossa criatividade, alegria, sonhos, criança interior, lado selvagem... tudo é diminuído, e em compensação o nosso ego aumenta.
Para que isso não aconteça é preciso estar atento. É humanamente impossível mantermo-nos constantemente conectados com o nosso interior, dia e noite, mas é possível desenvolvermos os nossos alertas, para quando estivermos já com o pescoço torto para segurar na lapela, nos lembrarmos que ali reside uma particularidade da nossa alma que estamos a tentar esconder, mas que faz parte de nós, e que afinal é o que nos dá equilíbrio, apesar de aos olhos da sociedade isso não pareça tão bem...

Meditar é uma ótima ferramenta para estarmos conscientes e atentos às armadilhas da vida.

Um abraço

Filipa


quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Meditar porquê? Para quê??


Meditar para saber se estamos no bom caminho, ou seja, no NOSSO caminho...
Meditar se queremos mudar de vida...
Meditar para mudarmos de vida, atitude, de caminho...

Meditar se queremos entender a razão de termos certas pessoas nas nossas vidas...
Meditar para saber a razão de perder algumas dessas pessoas...
Meditar para saber a razão da perda

Meditar para curar maior parte das nossas doenças... e para prevenir outras
Meditar para aliviar o stress / irritabilidade / não aceitação
Meditar para nos sentirmos inteiros e unos no nosso dia-a-dia

Meditar para saber deixar fluir
Meditar para aumentar/manter a nossa vibração
Meditar para não termos pressa de fazer, mas para simplesmente fazer

Meditar para reunirmos todos os nossos pedaços que vão ficando com os outros ou em diversas situações.
Meditar para conseguir olharmos para dentro... sem medo...
Meditar para fazer o caminho do autoconhecimento sem atropelos nem exigências, apenas com muito respeito por nós mesmos e à nossa velocidade

Meditar para aumentar a nossa autoestima
Meditar para desenvolver sentimentos de gratidão, respeito, amor próprio e amor pelos outros
Meditar para desenvolver a nossa aceitação e deixar o perfeccionismo

Meditar para nos sentirmos felizes... de dentro para fora...

...O que está fora não depende de nós e quase nunca anda à nossa velocidade, mas podemos mudar o modo como o vivenciamos...

Mas afinal se é assim tão benéfico porquê a meditação não é abraçada por mais pessoas?
Será para outra discussão, mas observem só a nossa sociedade...cabe-nos a nós protegermo-nos sem nos isolarmos.

Beijinhos

Filipa Magalhães

domingo, 20 de novembro de 2016

Leitura da Aura


LEITURA DA AURA 



Chamamos de AURA ao campo energético que rodeia o nosso corpo físico. Essa energia reflete a nossa essência afetando a nossa vida, o modo de ver as coisas, os nossos pensamentos, escolhas feitas.

Por sua vez os nossos pensamentos e emoções vividas/sentidas ficam nesse campo áureo, afetando-o. Tudo isto vai ocorrendo de um modo quase inconsciente, que faz com que muitas vezes vivamos no enredo que vamos criando, sem conseguir sermos personagens principais das nossas próprias vidas.



A Leitura da Aura identifica a energia que a pessoa está mais focada no momento, evidenciando as emoções tóxicas conscientes ou inconscientes que estão a prejudicar o crescimento, a paz interior e a felicidade. Traz para o consciente situações às vezes repetitivas em que a pessoa se vê com regularidade sem entender os motivos. Mostra de uma maneira simples e direta o estado em que se encontra em diversas áreas da sua vida, indicando se está no caminho certo ou não. Dá conselhos e traz mensagens, à medida que vai limpando os bloqueios que se está preparado para libertar. 



Em resumo, uma Leitura da Aura traz ‘recados’ da nossa alma, do mais profundo do nosso Eu Superior, ajudando no CRESCIMENTO, TRANSFORMAÇÃO E CURA, muitas das vezes fazendo um papel de bússola das nossas vidas.


Entre outros itens, uma Leitura da Aura:

§  Identifica duas vidas passadas que estão a influenciar a vida atual;

§  Lê os 7 centros energéticos, com mensagens que ajudam a entender o momento presente, apoiando a evolução futura;

§  Faz uma limpeza energética espiritual.



Como contém informações necessárias e muitas das vezes profundas, para compreender e assimilar, uma Leitura da aura só pode ser feita em intervalos de 3 meses.
A leitura é gravada em ficheiro áudio, e demora aproxidamente 2 horas.
Experimente...  Ouse querer mudar....
Um abraço


          

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

A outra margem...



Um viajante caminhava ao longo de um rio com o objetivo de chegar à outra margem, que era o seu destino. Certo momento, apareceu um senhor de idade num barco a remos. O barqueiro convidou o viajante a entrar prometendo levá-lo à outra margem. Ao entrar no barco, o viajante reparou que cada remo tinha uma palavra marcada. Num estava escrito ''Acreditar'' e no outro ''Agir''.
Curioso, o viajante perguntou o significado das palavras nos remos.
O barqueiro pegou no remo ''Acreditar'' e remou, remou, remou com toda a força e o barco começou a andar em circulos chegando a lado nenhum.
Depois pegou no remo que tinha escrito ''Agir'' e fez o mesmo e obteve o mesmo resultado.
Finalmente, pegou nos dois remos e utilizou-os ao mesmo tempo navegando calmamente pelas águas até à outra margem.
Então o barqueiro disse ao viajente: - este barco é a auto-confiança e a margem a meta que queremos atingir. Para que o barco da auto-confiança navegue até à meta é preciso impulsionar os dois remos com a mesma intensidade: Agir e Acreditar!

Simples, mas com muito significado. Quantas vezes andamos em circulos a pensar que estamos a fazer tudo?

sábado, 5 de novembro de 2016

PREVISAO DA ENERGIA PARA NOVEMBRO 2016


Por Emmanuel Dagher
1º de Novembro de 2016

UM TEMPO DE CONCLUSÃO: O FINAL DO CICLO DE 9 ANOS

Estamos em um momento crucial na jornada do despertar da humanidade, o que está mudando o cenário de nossa realidade pessoal e global para sempre.


A PORTA PARA A CONCLUSÃO

2016 (2+0+1+6) é um Ano Universal 9, na numerologia.
O número 9 representa as frequências da conclusão, da reflexão e do serviço.

É provável que você tenha notado estes temas (especialmente os términos e conclusões) apresentando-se neste ano, no mundo exterior e em sua própria vida.

Com ciclos de conclusões e términos Universais, somos sempre solicitados a enfrentar e a resolver todos os negócios inacabados em quaisquer áreas de nossas vidas que precisem de atenção.

Estas incluem as áreas da saúde, dos relacionamentos e padrões de comportamento, incluindo como nos tratamos.

Os últimos meses de um Ano Universal 9 é, com frequência, o mais intenso, porque estamos sendo cutucados a terminar rapidamente tudo o que precisa ser concluído a partir dos últimos 9 anos, antes que um novo ano de 9 anos se inicie.

Durante um Ano Universal 9, percebemos, muitas vezes, alguma estagnação quando se trata de aceitar a mudança – alguma hesitação sobre começar um novo projeto, trabalho ou relacionamento, ou a mudança para um novo local.

Se isto estiver acontecendo em sua vida, saiba que está acontecendo também em todo o planeta. E que nos está sendo dado o espaço para terminarmos com o velho, antes de começarmos o novo.

2016 foi um ano intensamente cármico, em que estivemos experienciando o Karma das ações que assumimos nos últimos 9 anos.

Pense novamente no que estava ocorrendo em sua vida em 2007, e você poderá notar alguns temas semelhantes que estão surgindo em sua vida agora. Alguns destes temas podem ser maravilhosos, e alguns, talvez... nem tanto.

Isto não é uma coincidência. Isto é uma clara informação que indica quais energias, padrões e situações externas você precisa abordar agora.

Pense novamente em 2008.

Você começou um novo trabalho ou projeto?
Será que mudou para algum lugar novo, ou começou um novo relacionamento naquele ano?
Pode se lembrar do tom de sua mente naquele ano?

Você pode ter decidido interiormente que: “As coisas começarão a mudar para mim agora, de maneira realmente positiva!”

Isto foi porque 2008 foi um ano “1”, e isto definiu o tom para o ciclo de 9 anos que estamos terminando agora.

Se as coisas não estão parecendo tão maravilhosas para você agora, você pode vê-las simplesmente como uma oportunidade para que você aprenda algumas lições que você se determinou a aprender há muito tempo, em um nível mais elevado. Está lhe sendo dada a oportunidade de deixar ir e seguir em frente agora, de modo que você não mais precise repetir estas lições.

Se tudo estiver parecendo maravilhoso para você agora, significa que ao longo dos últimos 9 anos, você, intencionalmente, estabeleceu um curso positivo para a sua vida, que está sendo refletido para você, de maneira milagrosa.

Os próximos dois meses são muito importantes, porque eles nos estão dando a oportunidade de concluirmos completa e definitivamente, com tudo o que estivermos prontos para superar.

Será cada vez mais difícil operar em uma consciência de vítima agora, porque estamos sendo chamados à ação – para terminarmos os desafios que começamos há muito tempo.

UM TEMPO DE SERVIÇO

Um Ano Universal 9 é também um ano de serviço.

Todos nós sabemos como é quando a nossa mente fica muito presa em si mesma.
Podemos também nos referir a isto como estarmos também “auto-envolvidos”.

Estar excessivamente auto-envolvido é um indicador de que a mente está operando no modo de sobrevivência, na medida em que é incapaz de ver totalmente a grande cena na vida.

Não precisamos julgar o envolvimento próprio como bom ou ruim. Mas é importante compreender que se permanecermos neste espaço por longos períodos de tempo, isto deixará as nossas energias limitadas e estagnadas, em vez de nos sentirmos expansivos e no fluxo da vida.

Adicionar mais atos de serviço abnegado as nossas vidas ajuda a sanar as nossas limitações e a estagnação. Este tipo de doação pode abrir especialmente as áreas da saúde, da riqueza e da felicidade em geral.

O serviço aos outros é também uma das coisas mais eficazes que podemos fazer para equilibrarmos e resolvermos dívidas cármicas antigas.

Se você estiver experienciando quaisquer dívidas cármicas em sua vida, como nas áreas da saúde, riqueza financeira e satisfação interior, este seria o momento perfeito para você mergulhar na energia do serviço aos outros.

Sempre que você oferecer algum tipo de serviço útil aos outros, as energias mais elevadas do Amor e da Compaixão fluirão poderosamente através de você. E ao longo dos próximos dois meses, estas energias serão ampliadas muitas vezes, por causa do momento intensamente poderoso de conclusão em que estamos agora.

PREPARANDO-SE PARA UM CICLO DE 9 ANOS INTEIRAMENTE NOVO

Você pode estar experienciando determinadas formas de estagnação em sua vida, especialmente em áreas tais como novos relacionamentos, empreendimentos criativos ou a mudança para uma nova casa.

Se você puder começar a fazer o trabalho interior de cura necessário para resolver quaisquer antigos bloqueios, dores ou rancores que possa ter, enquanto está no serviço aos outros, de alguma forma, as coisas começarão a mudar poderosamente para você, à medida que entramos em 2017.

Isto é porque este novo ano estará nos oferecendo algo milagroso: ele nos dará a oportunidade de nos tornarmos a pessoa que, no íntimo, sempre nos conhecemos ser.

Agora é o momento de responder a algumas perguntas poderosas, tais como:

O que você mais gostaria de criar em sua vida?
Que comportamentos você está pronto para liberar?
Como você se tratará depois de ter se comprometido com mais amor próprio?

Como você tratará os outros, e irá lhes permitir tratá-lo, uma vez que tenha se comprometido em oferecer mais apoio a eles e a si mesmo?

Quais são algumas coisas adicionais que você pode acrescentar a sua programação diária ou semanal, não importa o quanto possam ser insignificantes, que promovam mais amor, felicidade, liberdade, equilíbrio, plenitude, gratidão, admiração, bondade, milagres e prosperidade em sua vida e no mundo?

Podemos começar a fazer e a responder agora a estas perguntas, em preparação a criar a nossa vida mais feliz e mais gratificante, à medida que entramos em um novo ciclo de 9 anos em 2017!

Este é o momento de abrir mão do apego firme que tivemos às coisas a que estivemos ligados por tanto tempo e que não mais estão nos servindo ou àqueles ao nosso redor.

Este é o momento de deixar ir e simplesmente deixar-nos ser.

Irá nos servir bem fazer isto. E será muito mais fácil fazer isto agora, em vez de entrarmos no novo ciclo de 9 anos, apegados ainda firmemente ao que pertence ao passado.

Se você estiver lendo esta previsão da energia, então esta é a confirmação que você precisa: saber que está disposto agora a abrir mão de todas as ligações remanescentes que não estão mais alinhadas com o seu bem maior.

Conforte-se em saber disto e confie que você está exatamente onde deveria estar em sua jornada sagrada.

Até a próxima vez,
Milagrosamente seu,

Emmanuel

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Etapas de um relacionamento amoroso

Podemos considerar 7 etapas de um relacionamento. Esta distinção apenas ajuda a manter o equilíbrio, tanto no mundo interior como no mundo exterior, dando algumas dicas para uma boa manutenção. É uma de muitas visões sobre este assunto tão vasto e tão complexo.

Podemos então considerar sete tarefas que ensinam uma alma a amar outra profundamente e bem.

A primeira é descobrir a outra pessoa como se fosse uma espécie de tesouro espiritual, ainda que no inicio, não nos apercebamos do que acabamos de encontrar. É um tempo em que o um deposita toda a sua esperança no outro, como se fosse o único salvador da sua vida. E os dois pensam da mesma forma!

Depois, em quase todas as relações amorosas, vem um tempo de procura e ocultação, um tempo de esperanças e medos para ambos. Um tempo que se oculta o mundo interior, mas quanto mais oculta, mais esse mundo inicia o assombramento da relação.

Em seguida vem o tentar desenredar e compreender o lado obscuro do outro, e o aparecimento da compaixão por uma tal tarefa. É nesta tarefa que muitos relacionamentos se perdem. E é nesta tarefa que muitos ficam durante grande parte das suas vidas, avançando de relacionamento em relacionamento.

A seguir, vem o relaxamento que advém da confiança, a capacidade de descansar na presença do outro e com a sua boa vontade, e depois de tudo isso, um tempo de partilha. Partilha de sonhos futuros e tristezas passadas, sendo este o principio da cura das antigas feridas deixadas pelo amor.

Depois, o uso do coração para cantar uma nova vida, e finalmente, a união do corpo e alma.

É preciso perceber que todos temos um lado oculto, que por diversas razões se foi escondendo e camuflando. O caminho é trazer esse lado mais obscuro para a relação. Deixar morrer esse lado, nem que seja dentro da relação, para depois deixar nascer o novo.

Bons relacionamentos!


Não há coincidencias....

Todas as pessoas, sem exceção, cruzam-se no nosso caminho, sem nunca se tratar de coincidências. Umas mais outras menos, todas vão influenciar as nossas vidas. Quem ainda pensa que vive numa ilha ou em bolhas de ar, apenas se está a proteger do seu próprio crescimento. E está a adia-lo!(porque mais tarde ou mais cedo, o universo vai encarregar-se de colocar tudo em funcionamento).
E proteger porquê? Porque todo o crescimento implica perdas e sofrimento. Tal como uma criança que vira um adulto anos mais tarde, também ela teve que crescer com as opções que tomou. Imaginem uma criança a querer ficar para sempre no conforto e quentinho do colo da mãe? Que adulto poderia ser? Que céus poderia ter cruzado, que voos poderia ter feito, que liberdade poderia ter assumido, que nova família poderia constituir, se quisesse ficar para sempre no colo dos pais? Também a criança teve que, um dia, escolher entre o risco de perder, de largar, de deixar, para partir para a aventura da vida, por muitas dificuldades e sofrimentos que isso poderia causar.

Assim sendo, o que estamos nós à espera, adultos, para estarmos atentos e termos coragem de ver mais longe, sair fora do quadrado, e ver os desafios que nos são colocados maioritariamente pelas pessoas que estão à nossa volta? Despertar para esta consciência é fácil. O mais difícil é tomar decisões. É preciso ter consciência que os ganhos dessas decisões apenas se manifestam mais tarde, porque a curto prazo apenas só são visíveis as perdas. É importante mantermos o foco, libertarmos a nossa mente de quaisquer crenças e dar voz ao nosso coração, ao nosso 'sentir'.

Nós não somos marionetes, nem ninguém tem o destino traçado, mas se nos deixarmos levar um pouco pelo que a vida tem para oferecer, tendo coragem de deixar para trás o que já não significa nada além de conformismo e conforto fácil, vamos descobrir novas formas de estar que também são possíveis e se calhar têm mais a haver connosco.

Por isso é preciso largar. É preciso abrirmos o nosso coração para a vida, resistirmos à tentação de querer controlar tudo, e ... apenas deixarmos fluir. O resultado não se vê no próprio dia, mas garantidamente em muito poucos dias. Mas só vai ver quem tiver a coragem de deixar ir, de perder algumas coisas. Esta é a condição! O que se vai ganhar é muito melhor, e afinal de contas o que se perdeu também já não tinha importância!

Coragem!

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Com a meditação, de repente tudo fica mais claro e óbvio. Acende uma luz na nossa mente. Uma luz poderosa, transformadora e reveladora. Sob essa luz, os anciãos tornam-se velhos, o belo passa a exuberante, o tonto a maluco, os que beberam passam a bêbedos, as coisas incríveis passam a milagres, e por aí adiante.
Mas esta luz precisa de ser constantemente alimentada, revigorada, se não facilmente se apaga e passamos novamente a movimentarmo-nos sobre areias movediças, na penumbra e no frio. A alimentação da luz aguça-nos a intuição. E esta apaga-se se não for sempre alimentada. É com a intuição que o nosso crescimento se faz, ficamos a saber o que é melhor para nós, o que nos faz bem, mesmo que seja pelo caminho mais difícil.
Há muitas maneiras de alimentar a intuição, e uma delas é pela prática de meditação.
Boas meditações.

sábado, 15 de outubro de 2016

PORQUÊ PESSOAS FORTES ATRAEM RELACIONAMENTOS DIFÍCEIS

Este texto trata-se de uma visão/perspetiva de um problema imenso e complexo, mas é um texto muito simples e direto  que pode ajudar a acalmar muitos dos nossos corações. Observo à minha volta que de uma maneira ou de outra todas as pessoas têm razões de queixa do seu parceiro, e é sempre no outro que depositam todas as responsabilidades. E quando não é desta forma, entram em processo de vitimização. 
O  mundo à nossa volta é o reflexo do que estamos a vibrar interiormente. E o que vibramos só depende única e exclusivamente de nós. Se temos consciência que estamos mal, então tenhamos a coragem de nos ajudarmos ou de pedir ajuda, em vez de culparmos meio mundo à nossa volta. É um cliché, mas é pura verdade. A responsabilidade das nossas vidas passa por cada um de nós, e nunca, nunca, do outro.

Espero que gostem da leitura

''Surpreendentemente, tenho visto que pessoas fortes caem em relacionamentos que são, por vezes, abusivos, stressantes e mesmo manipuladores. Perguntei-me qual a razão?

Existem provavelmente muitas razões para isso acontecer, mas parece que as pessoas fortes já são tão boas a trabalhar em si mesmas e viver através da sua própria bagagem, que muitas vezes um relacionamento leva realmente a empurrá-las para fora da sua zona de conforto.

Enquanto não estive num relacionamento abusivo, quando conheci meu companheiro, definitivamente, senti como se estivesse sendo desafiada pelo Universo para desenterrar coisas que eu acredito, e realmente só poderia ser descoberto pela celebração de uma parceria romântica.

Eu era excelente em ser independente e tinha feito um monte de trabalho em mim mesmo, mas parecia que entrar num relacionamento que realmente importava, inesperadamente virou a minha vida de cabeça para baixo.

Muitas vezes, os relacionamentos ensinam-nos mais sobre nós mesmos, especialmente quando já somos pessoas de caráter forte.

Se você está lutando no seu relacionamento, e se está a perguntar porque é que tudo parece fluir sem problemas na sua vida, exceto no romance, isto poderia ser um sinal de que é uma alma forte e que está aqui para experimentar um trabalho mais profundo, transformando-se através dos "outros ".

Este caso, é por que as pessoas fortes muitas vezes encontram dificuldades no relacionamento e como se movem nesse relacionamento.

Entenda que os relacionamentos são parte de algo maior.

Ser forte é muitas vezes tão bom quando se está por conta própria, mas de repente quando se entra numa relação significativa serve apenas para descobrir uma bagagem que nem sabia que se tinha

É uma coisa para trabalhar através dos seus próprios esqueletos, mas quando eles são acionados por outra pessoa, as coisas podem ficar confusas muito rapidamente.

É importante para as pessoas nesta situação lembrar que a sua relação é parte de algo maior e está lá para ajudar a fazer o crescimento, mudança e transformação.

No sentido de colocar as pessoas fortes a crescer, as suas relações, muitas vezes têm que apresentar algum desafio, tendo como finalidade chegar até o outro lado.

Isso não quer dizer que as pessoas fortes serão sempre condenadas, mas, especialmente, no início da sua vida amorosa é típico atrair esses tipos de relacionamentos difíceis.

É preciso centrar-se sobre a totalidade do panorama e ver o crescimento que está a ser feito através dessa relação. É aconselhável manter as coisas em perspetiva.

Pessoas fortes, muitas vezes entram em relacionamentos que também servem a um propósito maior e, que talvez, não possa mesmo ser revelado.


Isso ocorre porque as pessoas fortes atraem:

1.)  Muitos Relacionamentos com almas gémeas.

Pessoas fortes são muitas vezes destinadas a entrar em muitos relacionamentos de alma gémea.

As almas gémeas entram nas nossas vidas para ajudar a desafiar a nossa alma, a fim desta crescer. O trabalho com uma alma gémea pode ser muito pesado, doloroso e incrível ao mesmo tempo, mas a missão final é o crescimento da alma.

É através destas relações que as pessoas fortes, muitas vezes fazem a sua cura e autodescoberta. Isso é porque elas são tão boas a serem independentes que em fusão com outra pessoa, a maioria das suas fraquezas são destacadas.

As relações de alma gémea também não têm que ser para sempre, mas em termos de crescimento e evolução, os efeitos da relação são suscetíveis de durar a vida inteira.



2.) Cura de Relacionamentos.

Muitas pessoas fortes também são curandeiros e, portanto, irá atrair parceiros que precisam também de cura e atenção.

Pessoas fortes também são geralmente equipadas para lidar com a dor e as emoções de pessoas que precisam de cura, apoio emocional e conforto, razão pela qual o Universo irá trazê-los juntos.

Cura não é unilateral, no entanto. Se está a fazer um monte de trabalho de cura no seu relacionamento, é provável que ambas as partes estão a beneficiar dos resultados.

Pessoas fortes também são muitas vezes enviadas para ajudar outras almas a trabalhar através de padrões ou esqueletos semelhantes que tiveram que lidar com ou nesta vida ou em vidas passadas.

A única coisa a ter consciência é não ser aprisionado num relacionamento unilateral. Se você se sente drenado de todo o trabalho "cura", pode ser um sinal de que também precisa mudar a sua maneira de pensar e estar no relacionamento, a fim de que ela cresça.



3.) Relações cármicas.

Muitas vezes, uma relação desafiadora está cheio de Carma de vidas passadas. Relacionamentos também podem desencadear as coisas dentro de nós que podem causar-nos um sentimento de peso, confronto e confusão.

Relações cármicas são muitas vezes pesadas ​​e intensas, em especial no início.

Pode haver uma atração forte de um para o outro, sem explicação ou, por vezes, um forte sentimento de repulsão.

Cicatrização de feridas cármicas antigas num relacionamento é um trabalho desafiador, mas também pode ser um enorme potencial de crescimento e de revolução.

Quando se trata de trabalho cármico, as lições vão continuar a segui-lo de relacionamento em relacionamento a fim de ser curado, libertado e purificado.

Pessoas fortes, muitas vezes atraem relacionamentos cármicos para as suas vidas, porque são fortes o suficiente para lidar com isso e trazem as ferramentas que precisam para trabalhar com esta energia cármica.

Fazendo o trabalho cármico num relacionamento não significa que você tem que tolerar o abuso ou outro mau comportamento, mas às vezes furando a perspetiva e fazendo o caminho para o outro lado, pode ser a solução mais terapêutica para a sua alma.



O que as pessoas fortes em relacionamentos desafiantes podem fazer:

1.) Dê-se permissão para ser fraco. Muitas vezes as pessoas fortes passam a vida a suportar outras pessoas, mas os relacionamentos difíceis podem ajudar a estimular o oposto. Permita-se ser realizada e apoiada na relação, e resistir à tentação de ser sempre forte.

2.) Aprender a suavizar-se e derreter todas as barreiras que você criou em torno de receber amor. Muitas vezes as pessoas fortes são muito boas em dar, mas não são tão boas a receber.

3.) Entenda que todos os relacionamentos são apenas experiências que estão aqui para ajudá-lo a crescer e evoluir em seu potencial mais elevado. Abraçar os desafios que surgem no seu caminho e lembre-se que é tudo parte da viagem.

4.) Concentre-se em amor-próprio. Quando você realmente ama a si mesmo e toma decisões a partir desse lugar, irá ajudá-la a avançar no relacionamento.

5.) Lembre-se que as relações difíceis às vezes podem ser muito gratificantes. Quando consegue mover-se através de todas estas questões num espaço mais claro, pode criar um forte relacionamento que muitas vezes é para a vida.''



Fonte – ‘’Sempre Consciente’’